Vale o Ingresso: Robocop

Hey boys and girls!!
Carnaval, feriadão prolongado…
Mas se você (assim como eu e as outras meninas aqui do blog) simplesmente não curte cair na folia, o cinema é uma ótima opção! As salas estão vazias e há bons filmes em cartaz!
Minha opção para aproveitar a sexta-feira foi o filme Robocop, com a direção do brasileiríssimo José Padilha.

Robocop

Sobre a trama, acredito que vocês já viram algum filme da série (afinal, este é o quarto). Futuro, ano 2028 e os robôs são utilizados como “equipamentos” de segurança por todo o mundo, exceto nos EUA. Um policial norte-americano bonzinho sofre um violento atentado e então surge a brilhante ideia de criar um robô com consciência (e emoções).

Robocop 02

Apesar de não tão violento quanto os filmes anteriores, o novo Robocop conta com ótimos efeitos especiais, fotografia impecável e trama realmente intrigante. Adorei, realmente vale a pena!

E vocês, já assistiram? O que acharam?

Beijinhos

Vale o Ingresso: Alabama Monroe

Hey pessoas lindas!

No ultimo final de semana fui ao cinema para assistir Frankenstein, mas em razão do horário e da programação acabei assistindo Alabama Monroe.  Confesso que inicialmente fiquei apreensiva, pois é um filme de drama, mas a trama é tão envolvente que acabei me apaixonando.

Alabama Monroe

O filme (calma, sem spoilers) é sobre uma família interessante: Elise é uma tatuadora, Didier é músico romântico e no meio desse estilo de vida diferente, acabam tendo uma filha. Infelizmente, a menina adoece e o “mundo perfeito” da família desaba.

Apesar da conotação triste, o filme é extremamente envolvente. Ponto positivo para a fotografia do filme, para o figurino (estilo pin up da Elise ) e principalmente para a trilha sonora.

Alabama Monroe - 02

Palmas para o diretor Felix van Groeningen, que conseguiu transmitir um misto de  romantismo, ternura e tristeza aos telespectadores. Vale muito a pena assistir!!!

E se o post não foi suficiente para convencê-los a comprar o ingresso, deixo uma musica do filme, é de arrepiar os pelinhos do braço:

Beijinhos

Vale o Ingresso: Meu Namorado é um Zumbi

Hey gente! Que saudades de escrever para vocês *-*
Essas mudanças no blog estão nos enlouquecendo, mas vocês vão curtir, aguardem!
Mas nem por isso o blog precisa ficar sem novidades né?!

Então, aproveitando o final de semana, que tal ir ao cinema?
O filmeMeu Namorado é um Zumbi (ok, a tradução de “Warm Bodies” não foi a melhor mas acontece né) me surpreendeu!

Pôster

O elenco é bem interessante, mas o “R”, interpretado por Nicholas Hoult (quem lembra dele de X-Men Origens?) faz jus no papel de destaque!

“R”

Confesso que estava apreensiva, achava ser apenas mais uma daqueles romances bobinhos…Mas felizmente me enganei! A melhor descrição seria: comédia romântica com ares de terror e um pouco de ação. Mas sabe o que (além do “R”) realmente me conquistou? A trilha sonora *o* É simplesmente perfeita!!!

Quem quiser conferir o trailer:

E assistam nos cinemas! Super recomendo ^.^

Beijinhos

Vale o Ingresso: As Aventuras de Pi

Hey gente!
Apesar do “recesso” aqui no blog, resolvi compartilhar minha experiência com o filme “As Aventuras de Pi”, porque acho que vale a pena!
As Aventuras de Pi - 1Confesso que inicialmente eu estava apreensiva, achando que o filme seria demasiadamente parado, chato e que provavelmente eu iria me arrepender. Acontece que – felizmente – eu estava errada. A estória é muito bem escrita e cheia de reflexões, do tipo que faz você parar e pensar na vida.
As Aventuras de Pi - 2Outra coisa: como se não bastasse o enredo inteligentíssimo, a fotografia do filme é maravilhosa (como deu pra perceber). As imagens são lindas 🙂
As Aventuras de Pi - 3Se você gosta de aventuras e gosta também do incomum, é o filme que vale muito a pena!!! E no final ainda me emocionei (sou bobona). Afinal, se surpreender é sempre muito bom!!!
As Aventuras de Pi - 4

Beijinhos

Anne Hathaway na Vogue de dezembro

Ok, definitivamente 2012 foi um ano inesperado para mim, pelo menos quando paro para pensar na Anne Hathaway! Primeiro: até gostei dela como mulher-gato! Segundo: ela tosou o cabelo para o filme: Os miseráveis!

Acho importante destacar aqui que nos primeiros dias da mudança dela eu fiquei chocada, basicamente por que ela não soube segurar bem! Nas fotos dava para notar um certo desespero dela, tipo: cadê meu cabelo?

Eu fiquei muito surpresa dela ter sido escolhida para a capa de dezembro da Vogue americana, mas fiquei ainda mais estupefata pelo resultado final. Achei que ela ficou irreconhecível na capa e o recheio me deixou com aquela sensação de está faltando algo. Vamos ver?

 

 

 

Vale a Pena: Drive!

Hey!
Hoje vamos começar a abordar diferentes temas aqui no blog (claro que sempre relacionados à moda ou tendências) e para uma bela inauguração, quero falar sobre o filme Drive, o lindo do Ryan Gosling e a Jaqueta de Escorpião usada no longa.
O filme é uma adaptação de um romance homônimo, que apesar de escrito em 2005, possui aquele arzinho retrô que foi muito bem retratado nas filmagens e o diretor afirma que o filme foi inspirado em longas da década de 80.
Agora, shows de interpretação do elenco maravilhoso à parte, a jaqueta usada pelo protagonista chega a ser também uma personagem do filme, pois foi usada nas cenas cruciais!
Aliás, o nosso Driver estava sempre bem vestido nas cenas, mostrou que homem com luvas pode ser sexy:
Aliás, gostei muito do estilo dele no filme. E esse foi o motivo do post.
Quem ainda não assistiu e ficou curioso, confere o trailer:

Espero que gostem!!! E essa jaqueta é ou não é ahazo?

Beijinhos